"Seja bem vindo(a) ao meu Mundo de Sonhos, Fantasias e Realidade!
E, sinta-se à vontade para degustar cada palavra."



Todos os textos (poesias) aqui publicados são de minha autoria,
e tem seus direitos reservados de acordo com
a Lei n.º 9.610, de 19 de Fevereiro de 1998.

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

NEM UM SIMPLES ACENO



Dizem que ela passou
pena que eu não percebi
Ah! Nem um simples aceno
pude fazer

Ela ainda maltrata
(Foto: Clemilton Carvalho - flores à santidade)
machuca meu coração
faz de mim, seu capacho

Sou apaixonado por essa mulher
e ninguém pode tirar esse sentimento
que nutro em mim

É mais que um bem-querer
é amor que há em mim
pena não ser correspondido
mas, vivo feliz esperando
esse dia acontecer
e, minha alma fortalecer
em felicidade
por um bem
que busquei

Ela é minha paz
meu aconchego
pena que ainda não tenho comigo
mas, minha esperança persistente
e, terei um dia, esse amor
nem que em sonho
ou, no infinito do paraíso.

(Clemilton Carvalho - cec)


terça-feira, 30 de outubro de 2012

NÃO SE APRESSE



Não se apresse
pode ficar em meu caminho
aqui você pode permanecer

Sempre terá passagem
se ficar, terá pousada e amor
(Foto: Clemilton Carvalho - saudades do sertão)
e ainda receberá todo o meu carinho
com grande harmonia e alegria

E, a certeza que te amo
no mais profundo de mim
com todas as forças do bem
que quer viver zen

Fique ao meu lado
aqui repouso seus tormentos
reduzo seus ais de amargura
e te dou calmaria, em meio a turbulência

Seu espaço sempre esteve aqui
só falta você se decidir
que quer comigo viver

Posso não ser teu bem maior
mais sou eu que te amo
e que pretendo viver
longos anos de alegria com você.

(Clemilton Carvalho - cec)


segunda-feira, 29 de outubro de 2012

DOCE MADRUGADA


 
Chove chuva
nessa doce madrugada
que me aconchego
com desejos em meu benzinho
com mimos e carinhos
para ficar tranquila
com meu corpo a lhe aquecer
nessa noite tão fria
que me conquista
e me atiça com seus beijinhos
que tanto pele em pelos
me alucinam a mente
com a sedução de mãos
perdidas pelo meu corpo
que se arrepia
e fantasia
mais uma transa feliz
que extravasa a imaginação
com toda a química
que nos enlaça
e alivia milhões de tensões
provocadas com esses trovões
que briga com os relâmpagos
e, o fim a descarga é um alívio
que no cansaço durmo
de conchinha com meu amorinho.
 
 (Clemilton Carvalho - cec)
 
 


domingo, 28 de outubro de 2012

É FOGO



É fogo
é destruição
o homem está acabando
(Foto: Clemilton Carvalho - felicidade da casa)
com a Mãe-Natureza
por puro egoísmo
e imensa ganância

Desse jeito em breve
todos terem um triste fim
tudo por descuido
despreparado com o dom maior
que é a existência no Planeta

O orgulho, o luxo
destrói o homem
que insiste neste caminho
que infla seu ego
e mutila milhões
a sua volta

É fogo
é poluição
falta de consciência
que solidariza
para o bem social
que a paz é de todos.

(Clemilton Carvalho - cec)

sábado, 27 de outubro de 2012

QUAL DONZELA APAIXONADA


A tarde cai
docemente te procuro
qual donzela apaixonada
escuto a passarada
e me queixo em sua ausência

Rio – me revolto – e, choro
sem saber de você

(Foto: Clemilton Carvalho - outra dona da casa)
Cadê meu amor
que o tempo não trouxe
cadê minha paz
que o vento não trouxe

Pousou em mim
a angustia por não ser feliz

Passarinho voa-voa
procure o meu amor
que o vento levou
preciso de uma claridade
e que meu amor venha me salvar

Não quero a escuridão
não quero ficar sozinho
isolado sem meu amor

Assim meu dia termina
sem paz, sem carinho
e sem o canto da passarada
queixo-me de tudo
por estar sozinho.

(Clemilton Carvalho - cec)


sexta-feira, 26 de outubro de 2012

BEBO MEU ORGULHO



Bebo meu orgulho
como minha angustia
aceito minha arrogância
mas, não me entrego
a sua ganância

Caio por terra
jorro minhas sementes
para colher o que mereço
mas, não me entrego
(Foto: Clemilton Carvalho - esperança do lar)
aos seus caprichos

Vivo feito infeliz
mas não falsifico meu pensar
prefiro não estragar
o que ainda há em mim

Tenho muito orgulho
para fazer-me seu escravo
tenho princípios
algo que não existe em teu viver

Mergulho em minha individualidade
mas, não cedo ao seu prazer
de me ver sofrer

Vivo minhas opções
mas não menosprezo meu próximo

Tenho tudo
que minha vida necessita
não queira
tomar posse em meu viver
essa chance
você nunca vai ter.

(Clemilton Carvalho - cec)

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

A DELICADEZA DE SUAS MÃOS



A delicadeza de suas mãos
não mostra o quão és sofredora
mas, persiste a viver no amor

Ah! Teu corpo mostra o cansaço
(Foto: Clemilton Carvalho - donas de casa)
mas, teu semblante é de alegria
de servidão ao próximo
de entrega e doação

Teu carisma encantador
só demonstra glórias
por trilhar o caminho das batalhas
doa-se sem receio do amanhã

És tão incapaz
de provocar discórdia
prefere calar na guerra
ao invés, de retalhar sentimentos
conserva amizades
e, faz frutificar o bem
com teu exemplo de mulher
obediente aos princípios de tua fé

Acolhe
ampara
guia
mostra o caminho
para a serenidade do amor
tudo pondera
para viver em paz de espírito.

(Clemilton Carvalho - cec)


quarta-feira, 24 de outubro de 2012

AH! ESSE AMOR



Ah! Esse amor
amor alegre
amor amigo
companheiro de todas as horas
sem limites de espaço
sempre disposto a ajudar

Carrego no coração
(Foto: Clemilton Carvalho - fim da claridade)
a bondade e a riqueza
que expande para a humanidade
sem pedir nada em troca

Ah! Esse amor
tem a alma pura
para reinar a liberdade
que saboreará a paz
que enaltecerá a alma
do ser carente de luz

Ah! Esse amor
que expressa carisma
aconchego e zelo
transformará tudo
e multiplicará sabedorias em ações
de gozo e vitória
num bem glorioso e salvador
que rejuvenescerá minha mente
para as conquistas infinitas.

(Clemilton Carvalho - cec)


terça-feira, 23 de outubro de 2012

EXCELSA PAZ



Minha paz
minha casa
minha amada
meu mundo está realizado

(Foto: Clemilton Carvalho - abajur  suspenso)
Tudo tenho
agora só desfrutar
com sabedoria
e muita harmonia
esse imenso bem
que só me anima

É tão bom
é divinal
essa paz tão desejada
que me faz louvar
por tamanha alegria

Até o canto dos pássaros
vem suavizar
esta dádiva
que só me faz bem
com um ar vitorioso
por tamanha excelsa paz
que tornou o lado humano
mais feliz na terra
e sublime de coração.

(Clemilton Carvalho - cec)


segunda-feira, 22 de outubro de 2012

EM TEUS BRAÇOS



Em teus braços
valsa o meu amor
que gira de emoção
bailando todo o salão
(Foto: Clemilton Carvalho -  o show vai começar!)
com alegria e devoção
com quem ganhou a competição

Em cada olhar
entrego-me
com toda gratidão
por estar segurando sua mão
que me arremata o coração
e me queima as entranhas
só de pensar chegar a sua cama
será o êxtase do prazer
ser domado por seus encantos

Em teus braços
derreto-me todo
e fico a mercê do seu prazer
com gozos e rebeldias
que a alma necessita
para sentir-se feliz.

(Clemilton Carvalho - cec)

domingo, 21 de outubro de 2012

SEM FUTURAS RÉDEAS



Como quem não quer nada
mergulho nas fantasias
realizo minhas loucuras
e seja o que vier
porém, sem compromissos

Quero mais é aproveitar
esse momento de entregas
faço doação dos meus sentimentos
sem medo nem pavor
do que possa me acontecer

Não penso
e não quero
consequências não existem
em meu vocabulário
de conquistador
ou a tal fama de casado

Sou do mundo
livre às fantasias
do prazer sem compromisso

Quero ser um bom vivant
dos beijos e alegrias
sem futuras rédeas
em meu caminho.

(Clemilton Carvalho - cec)


sábado, 20 de outubro de 2012

INJURIADO ( DE MIM)



Ando desolado
pelo mundo
do meu pobre pensar
sem achar meu canto

Cansado
da vida
dos amigos
dos amores
de mim
(Foto: Clemilton Carvalho - flores para ti)

Injuriado
da solidão
dos inimigos
dos casos
de mim

Por tantas incertezas
por tantas promessas
por tantos desencontros
pela vida que me maltrata
quero desistir

E, seguir um novo rumo
que seja perfeito
em minha imaginação
honesto em meus desejos
que me traga salvação
e, um caminho certo
não importa onde vou
aqui... não fico mais.

(Clemilton Carvalho - cec)

sexta-feira, 19 de outubro de 2012

INFINITA NOSSA HISTÓRIA



Que venha o mar
o infinito pode chegar
meu corpo pensa em você
(Foto: Clemilton Carvalho - vestido para o altar)
pulsa feliz
quando sabe de você

Que venha a masmorra
se eu estiver ao seu lado
minha mente não pensa mal
se comove por você
fazer parte dos meus ais
que se transformam em glórias

Que seja infinita nossa história
que passem tempestades - tornados
não deixo de te amar
sinto que sou seu
estamos marcados até o fim
nosso destino é de braços dados
contemplando a maresia
e sorrindo feliz ao luar
no compromisso de nos amar.

(Clemilton Carvalho - cec)

 

quinta-feira, 18 de outubro de 2012

DEZ ANOS DEPOIS


Dez anos se passaram
para muitos, aquela revolução
já em mim, quase nada mudou
continuei na luta
com os mesmos sonhos
tendo os mesmos ideais
que ainda não aconteceram

Dez anos de incertezas
de vida vivida
distante dos meus amores
mas, com esperanças no amanhã

Neste tempo, muito choro
e, muito carinho recebido
foram tantas provações e provocações
e tantas perdas do destino
mas, nunca distanciei-me da fé

Dez anos depois
pouco consegui
mas, muito evolui
como ser humano
ganhei verdadeiros amigos.



(neste tempo perdi
dois irmãos Clenildo e Antonio Cleito
um grande amigo César Augusto
minha mãe-tia Zezé Leal
um senhor-amigo José Pilício)


(Clemilton Carvalho -cec) 

quarta-feira, 17 de outubro de 2012

NUMA CIDADEZINHA


É grande a dor
que aflige o sertão
a falta de água
assola, destroi
e maltrata a vida
do camponês

Mas, há alegrias
começo de ano
(Sorriso - foto net)
tem reisado e bumba-meu-boi
tem carnaval de todo jeito
todas as tribos são convidadas
pra penitenciar tem a semana santa
e, pra alegrar tem tantas outras festas

Tem festa de São José
todo trabalhador é devoto
tem festas juninas pra animar
o povo recebe
as bênçãos dos três santos
é Antonio, João e Pedro

Em setembro quando tudo
está sem sentido
tem Santa Cruz dos Milagres
para o homem se salvar
das grandes aflições e tentações

Outubro, São Francisco
fé e procissões para salvar
e dar novo alento ao sertanejo

Em dezembro
é muitos encontros
toda família reunida
festejo da Padroeira
Nossa Senhora do Ó e Conceição
e segue com o Natal
onde tudo se renova
e a esperança acende
no coração do homem
nordestino e lutador.

(Clemilton Carvalho - cec)
 

terça-feira, 16 de outubro de 2012

BLOGUEIRA?

(à cantora-declamadora)

Preciso sobreviver.
Qual motivo terei?
Preciso ganhar dinheiro.
O que farei?
Serei uma blogueira
para de poesias viver

Vou pensando e sonhando
num futuro bem gordo
algo que me dê conforto
sem precisar viver trabalhando

Quero uma vida fácil
algo que me deixe estável
sem suar minha beleza
pois, quero vida de princesa
sombra e água fresca

Dos amores, vou arrecadando
tributos e pensões
tudo só pra mim
que nada fique ara os leões
preciso de muitos tostões.



(Clemilton Carvalho - cec)

segunda-feira, 15 de outubro de 2012

NO SILÊNCIO



Sei bem em quem
estou pensando
é claro que é
(Clemilton Carvalho - algo suspenso)
em você, meu amor

No silêncio
você vem pelo ar
me alimentar
vem trazer paz
iluminar meu espírito

Você é meu tudo
minha alegria
amor e sintonia

Minha vida é você
estrela que me acarinha
me acende e me contagia

No silêncio
você está em meus pensamentos
viestes renovar meu espírito
reativar o amor em mim.

(Clemilton Carvalho - cec)


domingo, 14 de outubro de 2012

VIVA (O AMANHÃ)



Acorda
levanta
respira
e viva
um novo dia
cheio de esperanças
com sonhos e soluções
(Foto: Clemilton Carvalho - o palco preparado)

Planeje
capriche
e acredite
que o amanhã
começa hoje
e tudo pode ser melhor

Apenas confie
que o amor vence
que o bem
tudo supera

Lute
viva
e sonhe
com um futuro
bem melhor
que o hoje

Sinta o mundo
creia no amanhã
e viva bem
todos os seus planos.

(Clemilton Carvalho - cec)

sábado, 13 de outubro de 2012

NÃO DÁ MAIS (ADEUS)



Não posso mais
nossa união assim não dá
precisamos de uma decisão
para sanar nossa relação

Chega de histórias
tão mirabolantes
que não tem começo
que não vão se desenvolver
(Foto: Clemilton Carvalho - receba as flores)
só nos fazer sofrer

Pare de fantasiar
uma vida que não é real
não vou suportar tanto desdém
assim não quero viver
prefiro que chegue ao fim
esse amor que não acontece
que só destrói minha vida

Não dá mais
só eu que me acabo
planejando tudo
e, você na boa
sem ajudar a melhorar
nossa relação que chega ao fim

Então,
fique na sua
Adeus!
Vou viver minha vida.

(Clemilton Carvalho - cec)


sexta-feira, 12 de outubro de 2012

MINHA FELICIDADE FOI COM O AR




Tortura-me
marca-me profundo
saber que vai me deixar
que não pertencerei aos seus dias

Vou sofrer
vou me acabar
assim não vou suportar pensar
(Foto: clemilton Carvalho - portão do castelo)
que não terei mais você

Minha felicidade foi com o ar
estou sem palavras
vou morrer sem retorno de meu ar
que me sufocou de tristeza
no instante que pensou em partir
para não querer mais viver comigo

Em mim, se instalou o pessimismo
a tristeza e a solidão
por não mais receber os seus carinhos

Tudo foi mudado
minha paz acabada
meus sonhos isolados
não tenho mais motivos para viver

A angústia instalou-se em mim
e minha vida chega ao fim
não há mais motivos para existir
apenas acabar-me, enfim.

(Clemilton Carvalho - cec)